Participe do maior movimento jovem de doação de sangue do Brasil e ajude a salvar milhares de vidas.

Juntos conseguimos coletar mais de 7.000 bolsas de sangue e este semestre queremos mais. Estaremos em diversas faculdades do Rio de Janeiro, em nosso circuito de coletas intinerantes. Navegue pelo site, fique por dentro e veja como participar do movimento!

o movimento

Em 6 anos, o Universitário Sangue Bom gerou mais do que números. Ele fez com que a vida corresse e circulasse entre jovens universitários incentivando a doação para todos aqueles que precisam. Foram mais de 7.000 bolsas arrecadadas, 28.000 vidas salvas e 600.000 jovens impactados.


QUEM PODE PARTICIPAR?

Ter atitude correndo nas veias é o primeiro pré-requisito para participar do movimento. Depois, você precisa
atender aos outros pré-requisitos para doar.


PRÉ-REQUISITOS BÁSICOS:

Nosso time de padrinhos conta com grandes personalidades como atores e esportistas. Se liga no recado que os atores Alexandre Borges e Milena Toscano deixaram pra você!

Quais são os requisitos básicos para ser um candidato à doação de sangue?
Para ser um candidato à doação de sangue o voluntário deve estar bem de saúde, trazer um documento oficial de identidade com foto, pesar mais de 50 quilos e ter entre 16 e 69 anos*. Não é necessário estar em jejum. Deve-se somente evitar a ingestão de alimentos gordurosos nas 3 horas que antecedem a doação e o uso de bebidas alcóolicas 24 horas antes. Mulheres grávidas ou amamentando NÃO devem doar sangue.
*Jovens com 16 e 17 anos podem doar com autorização dos pais e / ou responsáveis legais.
Qualquer pessoa pode doar sangue?
Sim, qualquer pessoa que esteja dentro das descrições acima pode se candidatar à doação de sangue. Há critérios que permitem ou impedem a realização da doação de sangue. Tais critérios são determinados por Normas Técnicas do Ministério da Saúde e visam a proteção ao doador e a segurança de quem vai receber o sangue.
Como é o procedimento da doação?
O voluntário primeiro efetua seu cadastro. Depois disso, ele passa pelo processo de hidratação, alimentação e preenchimento do questionário. Vem então a triagem clínica e por fim a doação de sangue em si. Todo esse processo dura cerca de 30 minutos.
O que acontece com o sangue após a doação?

Cada bolsa de sangue coletada no Hemorio contém 450mL. Para realizar os exames sorológicos, são retirados 20mL a mais do sangue doado. Após a doação, o sangue passa pelo seguinte ciclo:

1) Separação de Hemocomponentes – a bolsa de sangue total é centrifugada e separada em três componentes: concentrado de hemácias, concentrado de plaquetas e plasma.

2) Exames laboratoriais – são realizados exames para determinação do grupo sanguíneo e para detecção de doenças transmissíveis pelo sangue.

3) Liberação da bolsa – feitos os exames laboratoriais, a bolsa de sangue é liberada para transfusão.

4) Transfusão – o sangue é utilizado principalmente nas grandes emergências dos hospitais do Rio de Janeiro, cirurgias e também em pacientes com doenças oncológicas e hematológicas.

Tenho tatuagem. Eu posso doar?
Sim, basta que a tatuagem tenha sido feita há mais de 12 meses. Antes deste período, o voluntário é considerado inapto para a doação.
Não pude doar durante a campanha. É possível agendar a doação de sangue no Hemorio?
Sim, o voluntário pode agendar a data e o horário de sua doação através do Disque Sangue (0800 282 07 08), que funciona de segunda a sexta. Neste número também é possível tirar dúvidas a respeito de condições básicas para a doação e obter informações sobre coletas externas do Hemorio.
Quanto tempo devo esperar para fazer uma nova doação?
Os homens podem doar até 4 vezes ao ano, com um intervalo de 2 meses entre cada doação. As mulheres podem doar 3 vezes, com um intervalo de 3 meses entre as doações.

Eles são jovens como você e dedicaram algumas horinhas do seu dia para fazer a diferença na vida de muita gente. Veja o que dizem alguns universitários que já participaram do movimento.


"É um gesto simples. Rápido para quem doa se torna eterno pra quem recebe. Não custa nada doar. Você poderá salvar muitas vidas."

Felipe Mafra

"Ao contrário do que dizem, não dói nada. As enfermeiras são tão alegres que acabam deixando quem tem algum tipo de medo bem tranquilo! Sai de lá ciente de que tinha feito uma boa ação, recomendo à todos a fazerem o mesmo :)" Jhardany Rangel, aluno de Publicidade, da FACHA.

"Adorei a coleta ter vindo à minha faculdade. Sempre ficava encontrando empecilhos para ir até o Centro doar. Vindo até a mim, não tive como fugir". Mayra Prado, aluna de Medicina, da Unigranrio.

Deixe também seu depoimento e compartilhe a sua experiência com outros jovens como você, clique aqui.

A partir de 15 de setembro de 2016, se a sua facul fizer parte do circuito de coletas, você poderá doar sem sair do seu campus. Caso não esteja na programação, você será muito bem-vindo(a) em qualquer um dos campi, nas datas abaixo:

15.09
MACKENZIE - Centro

17.09
CEC -Barra da Tijuca
19.09
UNIG - Nova Iguaçu
20.09
UCAM - Centro
21.09
Estácio – Nova Iguaçu

22.09
UNIGRANRIO - Barra da Tijuca
23.09
UNICARIOCA - Rio Comprido
26.09
CELSO LISBOA - Riachuelo
27.09
IBMEC - Barra da Tijuca
28.09
UVA - Tijuca

Uma das formas de participar é compartilhando o movimento nas redes sociais. Sempre tem um irmão, um primo ou amigo que também pode participar. Você, espalhando a notícia, ajuda a levar milhares de vidas adiante!



Realização: